Postagem

Entende-se por pragas urbanas os insetos e pequenos animais que se proliferam desordenadamente no ambiente das cidades e que oferecem risco à saúde humana. Os principais exemplos são baratas, moscas, pernilongos, formigas, escorpiões, morcegos, ratos, pombos, caramujos, entre outros. Estes se encaixam na lista de animais sinantrópicos, expressão utilizada para designar animais que habitam locais próximos ao homem e se adaptam a viver junto deste.

As pragas urbanas têm por características biológicas o alto índice de resistência e a adaptação sobre os mais diversos meios. Por isso, o ambiente urbano torna-se o principal habitat para essas espécies, pois oferece condições como umidade, alimentação e muitos ambientes baldios. Com isso, o seu extermínio é bastante dificultado. A maioria dessas espécies costuma se reproduzir durante o inverno e se prolifera durante o verão.

Acompanhe as principais pragas e doenças transmitidas por elas:

Baratas

Além de nojentas, as temidas baratas transmitem várias doenças como lepra, hepatite, tifo, amebíase e a giardíase.

Moscas

As moscas se alimentam de matéria orgânica como o lixo da sua casa e alimentos que estão na sua mesa. Elas podem causar doenças sérias como febre tifoide, amebíase, salmonelose, disenteria, cólera e tuberculose.

Mosquitos

Os mosquitos, pernilongos e borrachudos são insetos muito pequenos, mas que pode causar doenças graves como malária, leishmaniose, febre amarela, difteria, febre paratifoide e dengue.

Formigas

No Brasil existem mais de duas mil espécies de formigas. Dessas, aproximadamente 30 são consideradas pragas urbanas. Além de causar danos nas estruturas das casas e até mesmo nos equipamentos elétricos e eletrônicos, esses insetos podem transmitir doenças patogênicas (que causam a infecção hospitalar), amebíase, giardíase, além de transportar protozoários, vírus, bactérias e fungos.

Ratos e camundongos

Os roedores são transmissores de doenças como a peste negra, peste bubônica, salmonelose, leptospirose, tifo e muitas outras.

Pombos

As suas fezes contêm fungos e bactérias que podem causar doenças como a criptococose, que compromete o pulmão e pode afetar o sistema nervoso central e também salmonelose, ornitose, alergias respiratórias, dermatites, histoplasmose e blastomicose.

Como podem ver, o controle das pragas urbanas não é só uma questão de conforto e higiene, mas um caso de saúde pública. Para proteger a sua família e colaboradores dessas doenças, faça a dedetização regularmente em sua casa, comércio ou empresa com uma empresa séria e segura como a Detecta.

Fonte: Brasil Escola.