Escorpião: tipos e perigos

Com o passar dos anos, escorpiões estão se adaptando ao ambiente transformado pelo homem.

Os escorpiões desempenham papel importante no equilíbrio ecológico como predadores de outros seres vivos, devendo ser preservados na natureza.

Já nas áreas urbanas, medidas devem ser adotadas para que seja evitada a sua proliferação, por meio de ações de controle, captura e manejo ambiental. No mundo, são conhecidas 1.600 espécies de escorpiões, no Brasil são cerca de 160 espécies.

Tipos de escorpiões:

Escorpião-marrom – (Tityus bahiensis)

Características:

  • Também conhecido como escorpião-preto, mede 6 cm de comprimento, tem coloração muito escura e patas castanhas.
  • Esta espécie é responsável, no Brasil, pelo maior número de casos de acidentes escorpiônicos em áreas rurais.

Escorpião-amarelo(Tityus serrulatus)

Características:

  • Encontrado no Sudeste do Brasil, e a principal espécie que causa acidentes graves.
  • Possui pernas e cauda na cor amarelo-clara, e o tronco escuro. Mede até 7 cm de comprimento

Quais são as espécies de escorpião mais perigosas?

Grande parte das espécies de escorpião vive nos desertos, aos quais esses animais se adaptaram muito bem por suportarem uma amplitude térmica diária na ordem dos 40 °C. Mas o terreno fértil que encontraram no ambiente urbano propiciou sua rápida proliferação. Hoje, presenciamos no Brasil uma verdadeira epidemia de escorpiões amarelos.

O número de casos com escorpiões praticamente quadriplicou nos últimos dez anos. Segundo o Ministério da Saúde, a média atualmente é de 429 picados por escorpião, por dia. Passamos de 40.287 episódios, em 2008, para 156.833 em 2018.

Em época de chuvas, animal peçonhento aparece com mais frequência em residências, industrias e comércios.

O mais comum – e mais perigoso é o escorpião-amarelo (Tityus serrulatus). Carnívoro, se alimenta de baratas e aranhas, mas sobrevive sem alimentação por um tempo prolongado. É a principal espécie no país a causar acidentes graves, com registro de óbitos, principalmente em crianças.

Oura espécie menos conhecida é o escorpião marrom. (Tityus bahiensis), mede 6 cm de comprimento, tem coloração muito escura e patas castanhas. É ele o responsável pelo maior número de casos de acidentes escorpiônicos em áreas rurais.

Evitando escorpiões: três dicas de ouro

Não custa lembrar: os acidentes com escorpiões estão cada vez mais frequentes no Brasil, e os números estão aí para confirmar. O Ministério da Saúde contabilizou mais de 140 mil acidentes em 2018 no Brasil todo – contra 125 mil em 2017.

Além das crianças e dos idosos, os grupos de risco a esses animais incluem trabalhadores da construção civil, garis e outros profissionais que atuam nas ruas, com esgoto ou movimentando materiais que ficaram parados.

Como já falamos algumas vezes por aqui, o que mais atrai os escorpiões é o seu alimento preferido: barata. Por isso, seus esconderijos mais comuns são os mesmos de suas presas: bueiros, amontoados e depósitos de materiais de construção (novos ou descartados), além de quintais e terrenos baldios com lixo ou mato acumulados.

A prevenção desse problema passa por três etapas fundamentais. Anote!

1) Limpe tudo: Mantenha quintais, jardins e demais terrenos limpos e, se possível, sem entulhos.

2) Feche tudo: aposte na vedação de borracha nos ralos de casa e nas frestas das portas. Instale telas nas janelas. Feche até as saídas das pias, se possível. Você não faz ideia dos caminhos que esses animais encontram para a sua casa.

3) Dedetize: uma das formas mais eficazes para afastar escorpiões é acabando com seu alimento. Indicamos a dedetização regular de casas, prédios e estabelecimentos comerciais, especialmente no verão e nas épocas mais quentes.

Conte com a Detecta para montar um plano adequado ás suas necessidades!

Como me protejo de uma infestação?

O verão é o período de reprodução das principais espécies de escorpiões do Brasil. Com as temperaturas mais elevadas, esses animais ficam escondidos geralmente em terrenos baldios, matas e entulhos, mas tendem a buscar abrigo nos imóveis próximos.

Sentem-se mais protegidos em locais onde há materiais de construção, tubulações de esgoto, entulho, frestas e buracos em paredes, além de caixas de fiação elétrica, de telefone.

Para evitar o surgimento deles é importante colocar telas de proteção nas janelas, ralos, rodinhos de vedação nas portas.

Tomei todas essas medidas. O que mais posso fazer?

Invista em dedetização! Considere contratar a Detecta para eliminar baratas e outras pragas que servem de alimentos para os escorpiões.

Em alguns casos, a utilização de inseticida não específico para esses aracnídeos somente o afasta de seu habitat, não o controlando, fazendo com acabem adentrando em residências e empresas.

Inseticidas e Escorpiões mito ou verdade?

Com a chegada dos meses mais quentes e chuvosos do ano, é comum que as baratas saiam de bueiros e caixas de esgoto para buscar alimento e procriar. Mas se tem uma coisa que é lei no reino animal é que, para cada espécie viva, há um predador. Você sabe qual o predador da barata? Sim o escorpião.

Quando nos deparamos com o animal escorpião, o impulso é jogar inseticidas comuns (domésticos, esses comprados em prateleiras de supermercados) – assim como fazemos com as baratas.

O problema é que tais produtos químicos, (domésticos) não são eficazes para matam o escorpião, acaba causando mais problemas, irritando e fazendo com que os escorpiões se desalojem de seus esconderijos. Os escorpiões possuem um sistema respiratório capaz de fazer com que fique paralisado por um tempo, desta forma eles podem aparecer que estão mortos.

Após o contato com esses produtos domésticos, não causando a sua morte busca proteção dentro de casas, armários e outros esconderijos. Existe sim o controle de escorpiões, estes devem ser feitos com produtos de uso profissional, com registro para o controle desta praga.

O ideal é fazer a dedetização com frequência eliminando as baratas ou outros insetos que servem de alimento para os escorpiões, desta forma também está se controlando o escorpião.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Buscando Por uma Empresa de Dedetização?

Somos a principal empresa de Dedetização em Campinas e Região.
Não percar nenhum conteúdo

Se inscreva em nossa newsletter para receber novidades antes de todo mundo.