Lixo e chuva: março está chegando e pede maior consciência ambiental e no controle de pragas.

Em nossos posts anteriores, falamos muito sobre pragas urbanas – como baratas, mosquitos e escorpiões. Contudo, estamos passando novamente aqui para lembrar que eliminar esse problema também passa por nossa conscientização ambiental. Com a proximidade de março, mês marcado pelas chuvas intensas que fecham o verão, é hora de lembrar que chuva e lixo são uma mistura que traz muita dor de cabeça – especialmente nos centros urbanos.

Do final de 2020 para cá, foram publicados alguns dados preocupantes. De acordo com a última edição do Panorama dos Resíduos Sólidos, levantamento realizado pela Associação Brasileiras das Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), cada brasileiro descartou 170 quilos de matéria orgânica ao ano. Em uma década, a quantidade de resíduos produzidos passou de 67 milhões toneladas/ano para 79,6 milhões toneladas/ano, um salto de 19% em relação a 2010.

De acordo com o relatório, ainda, a quantidade de resíduos coletados cresceu em todas as regiões do país e, em uma década, passou de cerca de 59 milhões de toneladas em 2010 para 72,7 milhões de toneladas. Mas a destinação final dos resíduos sólidos urbanos ainda deixa a desejar: 40,5% do lixo coletado vai para locais inadequados.

Resíduos de construção e demolição também são um problema enfrentado em todas as regiões brasileiras. O relatório mostra que os municípios registraram aumento no período analisado, passando de 33 milhões de toneladas, em 2010, para 44,5 milhões, em 2019.

Basta esse recorte para que possamos entender o tamanho do desafio que temos à frente. A Detecta está aqui para assegurar que seu dia a dia fique livre das pragas urbanas e dos microorganismos nocivos à saúde. Mas viver em um planeta que consome e descarta de forma consciente depende de todos nós!

Somos referência no controle de pragas. Entre em contato com a Detecta e saiba mais:

Telefone (19) 3268.6200

WhatsApp (19) 3245.0723

E-mail: contato@detecta.com.br

Ou acesso nosso site: www.detecta.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *