fbpx

Traças

TRAÇAS

As traças não representam propriamente um risco para a saúde, porém, são um tipo de praga, temidas pelos sérios danos que as suas larvas e algumas espécies causam em vestuário, tecidos, peles, couros, tapetes, carpetes e muitos outros materiais.

Estes danos podem continuar por muitas semanas após a eclosão das lagartas e serem já de dimensão considerável quando forem vistas muitas traças voadoras ou já em sua fase adulta, como os peixinhos-prata, por exemplo. Por isso, é muito importante prevenir as infestações de traças.

Uma pequena infestação de traças pode ser tratada com inseticidas domésticos, mas uma infestação muito implantada requer tratamento profissional.

Traça doméstica

(Hofmannophila pseudospretella)

Aspecto

• Adulto – 8 a 14 mm de comprimento.

• Asas dianteiras de cor castanha escura, cada uma com três ou quatro pontos pretos.

• Larva – até 20 mm de comprimento. Com coloração branca suja e cabeça castanha. Primeiro segmento do tórax em cor castanha.

• As larvas alimentam-se des tecidos como lã, couros e penas.

• Crisálida (pupa) – 15 a 20 mm de comprimento num casulo de seda.

Ciclo de vida

• Normalmente, uma geração por ano.

Hábitos

• A Larva pode percorrer distâncias consideráveis antes de passar à fase de crisálida (pupa).

• Geralmente encarado como um inseto voador que se alimenta de matéria orgânica.

Traça branca doméstica

(Endrosis sarcitrella)

Aspecto

• Adulto – 6 a 10 mm de comprimento.

• Cabeça e tórax em branco brilhante, asas dianteiras com manchas.

• Larva – até 12 mm de comprimento. Branco marfim com cabeça castanha avermelhada.

• Pupa – num casulo seda.

Ciclo de vida

• Normalmente, uma geração por ano.

Hábitos

• Encontra-se, muitas vezes, em construções ao ar livre.

• Geralmente encarada como um inseto que se alimenta de matéria orgânica.

Peixinho-prata

(Lepisma saccharina)

Aspecto

• Comprimento de 12 mm. Em forma de torpedo, com 3 longas cerdas no fim do abdome.

• Sem asas, com antenas longas.

• Com coloração cinzento-prateado.

Ciclo de vida

• Os ovos são depositados em fendas.

• Os adultos vivem 1 a 3 anos.

Hábitos

• Correm rapidamente.

• Preferem locais quentes e úmidos, como banheiros e cozinhas. São especialmente atraídos para o papel e roupas úmidas.

• Alimentam-se de restos de comida, gomas e resinas e são ativos durante a noite.

• São pragas de baixa ocorrência em cozinhas, no entanto são de significativa importância em bibliotecas, instalações comerciais etc.

Sinais da presença de traças

O primeiro sinal é frequentemente algum dano em tecido, mas normalmente existem outros indicadores:

• Traças adultas (mais rastejantes do que voadoras);

• Larvas semelhantes às da mosca (lagartas de traça);

• Tubos ou invólucros sedosos onde as larvas de traça vivem;

• Pupas (casulos de seda) onde as larvas se transformem em traças.

COMO EVITAR TRAÇAS

É difícil impedir que as traças entrem nas casas, sobretudo com janelas e portas abertas. É aconselhável fechar as cortinas ou utilizar uma rede mosquiteira nas janelas que estejam abertas principalmente a noite, quando as traças voadoras são atraídas pelas luzes.

Uma vez dentro das casas, as traças escolhem as áreas mais escuras e tranquilas onde haja roupas ou outros produtos têxteis armazenados.

As áreas de maior risco são os quartos pouco utilizados, debaixo das camas e armários e guarda-roupas pouco utilizados. Os sótãos também são áreas de risco porque as traças são atraídas pelos ninhos de aves que possam existir nas calhas das casas. Traças como o peixinho-prata, constumam ser encontrados nas áreas úmidas das instalações.

A roupa suja é ainda mais atrativa para as traças. Por isso, limpe ou lave sempre as roupas antes de guardar.

Se guardar produtos têxteis (ex:. roupas e cobertores) por longos períodos de tempo, mantenha-os em sacos de plástico selados ou em malas bem fechadas.

Certifique-se de que as áreas mais ocultas, como debaixo dos móveis, são limpas ou aspiradas regularmente para remover os ovos das traças antes que as larvas eclodam. Isto é ainda mais importante se caso já tenha ocorrido alguma infestação de traças anteriormente ou se houver mais sinais de atividade de traças.

INFESTAÇÃO DE TRAÇAS

A presença de uma infestação de traças pode ser uma experiência frustrante.

As traças podem causar estragos nas roupas e tecidos com os quais você possa ter uma ligação emocional – ninguém quer encontrar buracos no seu vestido de casamento tão cuidadosamente guardado.

Os danos que estas pragas podem causar em tapetes, cortinados, estofos e também alimentos, podem ser tornar muito caros. A prevenção é a melhor forma de proteger os seus bens mais valiosos de infestações de traças.

QUE DANOS AS TRAÇAS PODEM CAUSAR?

FATO: As traças não comem os tecidos, o seu principal objetivo é reproduzirem-se, as suas larvas é que causam todos os estragos.

Existem algumas espécies de traças normalmente encontradas em casas que podem causar problemas. Essas traças têm diferentes preferências por diversos materiais, o que significa que as suas larvas causam diferentes danos a tecidos e materiais, como por exemplo:

• As larvas da traça de roupa comum causam buracos de forma irregular em tecidos.

• As larvas da traça da roupa criam pequenos furos com uma forma mais regular em peças de vestuário.

• As larvas da traça doméstica tendem a preferir materiais animais como penas e couro.

• As larvas da traça branca doméstica causam danos numa grande variedade de produtos alimentares, como tal, são um pouco menos prejudiciais aos produtos têxteis.

A primeira coisa que a maioria das pessoas notam são os danos causados aos tecidos, roupas ou tapetes, mas existem outros indicadores de uma infestação de traças:

• Pequenas larvas (lagartas de traças)

• Tubos de seda onde as lagartas vivem

• Pupas (casulos de seda) a partir das quais as lagartas emergem como traças

• Traças adultas que rastejam no chão em vez de voarem

Acha que pode ter uma infestação de traças?

Agência:
© Copyright 2019, All rights reserved.