BLOG

Trace um plano contra as traças

Com o frio chegando aos poucos, começamos a retirar os cobertores e as roupas mais quentes da “hibernação”. E, em muitas casas, abrir as portas do guarda-roupas é a hora de descobrir o esconderijo das famosas e incômodas traças. Mas a gente sabe que não precisa ir muito longe para encontrar esses bichinhos indesejados, certo? Se não sabe do que estamos falando, vem saber mais sobre eles.

Há quem acredite que as traças surjam de um lugar desconhecido no espaço-tempo, mas a verdade é que há dois tipos de traças, carregadas para seu doce lar por meios que talvez você nem preste muito a atenção.

O primeiro tipo de traça faz parte da família dos tineídeos, que ficam pendurados na parede dentro de uma casquinha. Essas traças vivem primeiro em forma de larva e depois se transformam em pequenas mariposas quando atingem a maturidade. As larvas, que se movem de um lado a outro, sobrevivem se alimentando de tecidos de algodão e lã, podendo danificar tecidos e roupas.

Já os insetos do segundo tipo são os peixinhos-de-prata, que não possuem asas, não viram mariposa, mas podem causar um estrago e tanto. Vivem em locais úmidos e frescos, como porões e banheiros, mas também são encontrados embaixo de camas, em estantes, prateleiras de armários e atrás de batentes, janelas e rodapés. Se alimentam de celulose: além de contaminar os alimentos, costumam danificar documentos, dinheiro, revistas  e etc.

Definitivamente, não é muito fácil identificar os locais de infestação ou acabar com todos esses visitantes incômodos. Saiba que, nesse caso, também é recomendável a Desinsetização ou mais conhecida como dedetização.

Fale com a Detecta, temos uma equipe especializada em controle de pragas urbanas e uma gama de serviços que atendem à sua necessidade.

Telefone: (19) 3268-6200

WhatsApp (19) 3245-0723

E-mail: contato@detecta.com.br